terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Ainda estou aqui


Você pretende ficar ou devo me preparar para mais um adeus? Qual sua real intenção em aparecer assim, do nada, sem nem ao menos um aviso prévio? Eu não estava preparada. Queria conseguir ser forte o bastante para bater a porta na sua cara, mas a verdade é que não consigo, principalmente porque espero sua volta desde quando te vi partir. Venho planejando isso há muito tempo na minha cabeça. Já imaginei e ensaiei um milhão de coisas para te falar quando esse momento chegasse, e agora que chegou, eu simplesmente não sei como reagir. Não sei o que dizer. O que eu devo fazer? Preparo um café para colocarmos o papo em dia enquanto fingimos para nós mesmos que nada aconteceu, pra depois você sumir novamente e me deixar aqui? Ou preparo minha vida para que você volte e tome seu lugar por direito? A escolha é sua, moreno.

Caso você queira, eu ainda estou aqui. Só te peço uma coisa: chega de brincadeiras. Por favor, venha pra ficar ou vá pra nunca mais voltar. Não posso mais lidar com isso, não sou forte o bastante. É difícil lidar com tudo isso. Além de ser difícil, também dói. Me machuca tudo isso, toda essa situação. E de tão machucada, não consigo me mexer. Não consigo seguir em frente, é como se ficasse presa num loop eterno de idas e vindas suas. Então, se decida, pois não sei quanto tempo ainda posso aguentar toda essa situação.

Sei o quanto você odeia se sentir pressionado a tomar decisões, mas entenda meu lado. Você sempre vai. Não importa o que eu faça ou peça, você continua indo e nunca olha para trás. Depois volta como se nada tivesse acontecido. Volta e me olha com aquele sorriso de lado que faz meu coração quase pular para fora do peito. Volta e me faz acreditar que será definitivo, mas nunca é. Todas as vezes que tentei colocar um fim, você me impediu. Você me prende. Me prende e sai por aí, enquanto eu fico aqui. Fico sempre a sua espera, criando roteiros de situações que nunca vão acontecer. Fico aqui fazendo planos e torcendo que para que você volte logo, e, que dessa vez, seja pra ficar.

domingo, 7 de janeiro de 2018

Ela sempre sabe o que quer


Ela é assim, quando quer algo vai lá e faz, não desiste até conseguir. Não importa o que os outros pensem ou falem, se ela quer, ela consegue. Há quem diga que é por causa do seu signo, mas ela não é do tipo que acredita nessas coisas. Ela é assim e ponto. Com ela não há meio-termo, ela é a verdadeira definição de 8 ou 80. Ela não tem paciência com pessoas indecisas. Ela sempre sabe o que quer e luta para conseguir, não importa o quão difícil seja, ela vai atrás. Sua cabeça vive na lua, ela vive de sonhos. Já tem todo seu futuro planejado, mas sabe que quando chegar a hora vai fazer tudo ao contrário e seguir o caminho oposto. Porque ela é assim. Ela é de fases, ela age – quase sempre – por impulso e não pela razão.

Há muito tempo ela deixou de se importar com que as pessoas pensam. Ela aprendeu que o que os outros pensam não deveria afetar seu modo de viver e suas escolhas. Afinal, a vida é dela e só ela pode escolher como viver, é seu direito. E é isso que ela faz, vive como acha melhor, procura aproveitar o máximo de cada experiência, porque sabe que cada segundo da sua vida é valioso. Já cometeu inúmeros erros, mas não se arrepende de nada. Pelo contrário, sente orgulho de cada erro que foi cometido, de cada tombo levado, de cada cicatriz que carrega. São partes dela, partes essenciais que a fizeram ser a pessoa que é hoje. A pessoa que ela se orgulha tanto em ser, em ter se tornado.

Ela já passou por poucas e boas. Já se apaixonou pelo cara errado, teve o coração partido e jurou nunca mais se apaixonar de novo. Já foi em festas onde bebeu todas e ficou bêbada ao ponto de ser carregada embora pra casa. Já conheceu um desconhecido em uma viagem com amigos e viveu uma pequena aventura pra depois nunca mais ouvir falar sobre o garoto. Já saiu por aí, tarde da noite sem rumo apenas para espairecer. Já mentiu pra si mesma dizendo que estava tudo bem, quando na verdade não estava. Já sentiu vontade de simplesmente sumir pelo mundo afora e se segurou para não fazer isso. Apesar da pouca idade, ela já viveu o bastante para saber que tudo é passageiro e se apegar é um erro. Como já dizia a música da Cassia Eller: “o pra sempre, sempre acaba”. Não importa o quanto a gente insista, uma hora ou outra chega ao fim. E ela aprendeu isso, aprendeu da maneira mais difícil, mas aprendeu.

sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

Tá sendo fácil pra você?


Tá sendo fácil? Tá sendo fácil dormir sem mim e acordar sem o meu bom dia? Tá sendo fácil beber todas por aí, beijar outras bocas e se ocupar com outros corpos? Tá sendo fácil fingir que não me conhece e que nunca existiu algo entre nós? Porquê pra mim não tá sendo fácil nem mesmo acordar todos os dias sabendo que não tenho mais você aqui. Não vou negar, a parte mais difícil já passou, eu já entendi que acabou. Agora estou na fase nostálgica, quase tudo parece ser um gatilho. Outro dia mesmo um amigo disse que estava assistindo Grey's Anatomy e quase soltei um “fulano ama essa série, sempre quis que eu assistisse junto com ele”. É difícil, sabe? Tem vezes que solto um “ele amava essa música” ou “ele sempre pedia esse sabor de sorvete”, e tenho que lidar com os sermões dos meus amigos. Segundo eles, sou muito trouxa por ficar lembrando de você a cada segundo. Acho que já ouvi algumas centenas de vezes que eu deveria virar a página, que deveria voltar a sair mais e conhecer pessoas novas, que é errado ficar em casa enquanto você já está aí, sendo feliz com outra pessoa. Sei que meus amigos só querem me ajudar, mas eu não sou assim. Eu não consigo me desapegar tão facilmente, principalmente de algo tão bonito e que me fez bem por tanto tempo.

Acabou, eu sei que acabou. Afinal, quem terminou tudo foi eu. E não sei se faria diferente, caso pudesse voltar no tempo, até porque não me arrependo de nada. Dei o máximo de mim. Realmente tentei fazer dar certo, fiz de você a minha prioridade. No começo, era um sentimento mútuo, mas depois acabamos seguindo caminhos diferentes. Demorei perceber que havia acabado, e demorei mais ainda admitir isso pra mim mesma. Você já não queria mais o mesmo que eu. Enquanto eu te queria por perto, você queria sair por aí e se aventurar. Eu só queria calmaria. Meu erro foi ter insistido tanto e não ter sido honesta comigo mesma. Enquanto o seu erro foi não ter sido honesto não só com você mesmo, mas também comigo. Você sabia que não queria o mesmo que eu, ainda sim me deixou insistir e acabou fazendo com que eu saísse mais machucada do que deveria. Você foi egoísta. E quer saber? Tudo bem. Acho que eu já deveria esperar por isso, afinal você é assim, sempre foi. Além do mais, embarquei nesse relacionamento sabendo que poderia me machucar. Só que jamais pensei que você me machucaria tanto assim. Na minha cabeça você seria incapaz de fazer isso, mas me enganei.

Sabe, moreno, ainda penso em você todos os dias, ainda é sua voz de sono que quero ouvir quando acordo, ainda é o seu “boa noite” seguido de um “eu te amo” que desejo ganhar antes de dormir, não vou negar. Já se passaram algumas semanas e não parece ficar fácil, cada dia sem você continua sendo difícil. Meu coração aperta toda vez que abro o Instagram e vejo que tem alguma atualização sua ou quando aparece algum post seu no feed do meu Facebook. Sinto falta de saber de você, de como foi o seu dia, de como a sua vida está indo. Sinto falta de fazer parte do seu dia a dia. Sinto falta de conversar contigo e de contar sobre o que está acontecendo na minha vida. Comecei a fazer muay thai, sabia? Foi tão difícil não abrir o Messenger e te chamar lá apenas para te contar isso. Eu sei, é algo bobo, mas me acostumei a te contar tudo, comemorar com você quando algo dá certo e correr pro seu colo quando as coisas não vão bem. Dizem que o tempo é o único que pode dar um jeito em situações assim, só não sei se acredito. Quanto mais o tempo passa, em vez de ficar mais fácil, fica mais difícil seguir sem você. Queria que tivéssemos conseguido salvar ao menos a nossa amizade, talvez assim fosse mais fácil e eu não teria que planejar uma vida toda sem você nela.

sábado, 30 de dezembro de 2017

Você é o meu Grande Talvez


Cá estou eu, mais uma vez ouvindo as mesmas músicas com as mesmas melodias tristes e tentando não pensar em você. Tentando não enlouquecer ao pensar em nós, em como tudo terminou. Sabe, sempre tive a certeza de que daríamos certo juntos. Por mais que houvessem brigas, acreditei que conseguiríamos dar um jeito. Acreditei que teríamos um final feliz.

Bom, em partes eu acertei. Tivemos um final, mas não foi feliz. Talvez não exista isso de finais felizes ou foram felizes para sempre. Na verdade, nem sei porque esperei que fosse assim, já que fui cética com isso durante toda a minha vida. Mas não sei, teve algo em você que fez com que eu pensasse diferente. Era como se tudo finalmente se encaixasse, sabe? Me senti perdida boa parte da minha vida, e aí você apareceu. Como num passe de mágica, eu não estava mais perdida, tudo passou a fazer sentido e, pela primeira vez, eu não tive medo. Me entreguei completamente a você, de corpo e alma. Fui sua por completo, de um jeito que nunca consegui ser de ninguém.

Acho que te falar tudo isso não vale de nada, né? Mas como diz a letra da última música que te mandei: "ainda penso muito em ti, a vida não tem sido justa, cê sabe ainda tô aqui, sua falta ainda me assusta". Eu ainda tô aqui, moreno. E não tenho planos de ir a lugar algum, não estou pronta pra isso. Ainda espero que a gente se resolva, mas sei que isso não passa de um completo talvez, só que preciso ter fé, preciso acreditar. Porque você foi, você é o meu Grande Talvez e me dói te ver partindo assim, como se nada mais importasse. Como se não fossemos mais nada.

terça-feira, 26 de dezembro de 2017

Ela merece alguém que a faça se sentir especial


Ela é tão difícil e ao mesmo tempo tão fácil de entender. Ás vezes é tão simples descobrir o que ela realmente quer, mas há momentos que chega ser impossível. Quando quer, ela é capaz de se fechar para o mundo todo e não deixar ninguém entrar. Chega até a ser irônico, não? A garota que está sempre por aí sorrindo pra Deus e o mundo, que é gentil com todos é a mesma garota que, se a mãe não ficar brava, passa dias a fio sem sair de casa, tudo para evitar o mundo lá fora. Evitar as pessoas. Talvez você não saiba disso, na verdade, é bem provável que não. E tudo bem, não é sua culpa, ela sabe bem como disfarçar o que sente. Ninguém que a vê distribuindo sorrisos por aí imagina quem ela realmente é, tampouco o porquê dela ser assim.

Você a acha incrível, não acha?! Quem a conhece, percebe de cara a pessoa especial que ela é. Ela realmente é incrível, é a garota mais incrível que eu já conheci. Ela tem uma força de vontade enorme e é perspicaz como ninguém. Ela é o tipo de pessoa que consegue saber como você está apenas por um simples "oi". E também é o tipo de pessoa que vai fazer o possível para melhorar seu dia. Porque ela é assim. Ela é diferente. Ela é especial. Tenho certeza que você já percebeu isso ou não estaria aqui ainda. Sabe, ela já se apaixonou várias vezes. Seu coração já bateu forte por alguns rapazes por aí. Ela já teve até mesmo grandes histórias de amor, assim como também alguns casos que não passaram de meras aventuras. Ela já teve o coração partido e também já partiu alguns corações. A sua bagagem é enorme e foram todas essas experiências que fizeram dela essa pessoa por quem você se apaixonou.

Os corações partidos, as lágrimas, os choros, os sorrisos, as histórias de amor e os finais não tão felizes a transformaram em quem ela é. Cada escolha, cada decisão tomada por ela, cada palavra dita, cada gesto, tudo isso faz parte dela. Então, aprenda a ter paciência e saiba lidar com isso. Não há porque ter ciúmes do passado dela, pelo contrário. Então, apenas aproveite, ok? Aproveite a pessoa incrível que ela é. Esteja sempre lá para ela. Não a decepcione, por favor. Não deixe que o coração dela se parta mais uma vez. Ela merece ser feliz. Ela merece ter alguém que a faça se sentir especial, que a faça se sentir única. Porque ela é. Ela é a melhor pessoa do mundo. E me parte o coração vê-la sofrer por pessoas que não reconhecem isso.

Não precisa ser perfeito. Tudo bem ter seus defeitos, seus dias ruins. Só não a machuque, ela já se machucou demais. Então promete, promete que vai cuidar dela e que jamais mentirá para ela. Porque, acima de tudo, ela merece alguém de verdade. Alguém que mesmo cheio de defeitos, a faça bem, a faça se sentir única.